Startup MISYU desenvolve serviço pensando na longevidade das relações familiares

A saudade nunca esteve tão presente em nossas vidas como nos últimos 2 anos, período em que tivemos que ficar reclusos em nossas casas e fazer despedidas repentinas. Esse sentimento constante nos obrigou a refletir sobre vida, distância e até a morte.

E foi pensando na saudade e na longevidade das relações familiares, que nós estamos mudando de nome e  tornando a startup Misyu.

Para ajudar as pessoas a expressarem seus sentimentos por um ente querido, ou até mesmo usá-la como planejamento familiar e sucessório, nasceu a Misyu, uma startup que chega com a proposta de unir familiares e amigos de uma forma leve e inesperada por meio de mensagens, vídeos, áudios, fotos e documentos. Ela também foi criada com o pensamento nos idosos, um público participativo, que está cada vez maior, se atualizando às novas tecnologias, independente e que quer construir um legado, além de deixar boas lembranças e fazer seu planejamento sucessório.  

A plataforma surgiu como uma evolução de outro projeto lançado em 2018, chamado Meu Último Desejo (MUD). O nome, já conhecido por muitos, tinha como missão amenizar o impacto que um falecimento causa na família. O maior propósito era que os usuários deixassem mensagens póstumas para pessoas que amam, porém, a saudade e a falta de contato durante a pandemia trouxeram um novo olhar para os gestores, que decidiram expandir o MUD, incorporando a saudade transformando sua marca em Misyu.

“Durante a nossa evolução, percebemos que havia algo muito importante envolvido nesse processo, algo que se tornou uma grande inspiração para nós: a SAUDADE. Esse sentimento nos acompanha hoje, amanhã e sempre, então decidimos abarcá-la em nosso projeto, pois queríamos celebrar a vida e promover a longevidade de forma saudável, aproximando as famílias em vida”, fala Mario Cassio Mauricio, CEO.

Com valor mensal de R$6,99, o assinante pode deixar mensagens em vídeos, áudios ou textos, para serem enviadas de forma imediata, matando a saudade, pedindo desculpas e até mesmo mandando mensagens para si mesmo no futuro usando sua Cápsula do Tempo.

Além disso, outra motivação é minimizar as divergências causadas por disputa de herança, que atingem mais de 45% das famílias, segundo pesquisa da Misyu. O usuário pode deixar suas vontades registradas e documentadas junto com orientações e ações a serem tomadas após o seu falecimento, incluindo testamentos.

A Misyu já nasce como um WebApp, com foco na utilização pelo celular, facilitando a maneira de escrever mensagens, disponível em diversos idiomas e de forma criptografada, preservando a segurança da informação.

Ainda no período de desenvolvimento, a startup participou de processos de aceleração, ficando entre as selecionadas do Mapfre Open Innovation 2020 e Vitasay Start 5.0+ 2021.

Como uma de suas contribuições para a sociedade, a Misyu possui um programa social que doa assinaturas para instituições que acolhem idosos, auxiliando este grupo na construção do seu legado e organização do seu planejamento sucessório. A startup fechou parceria social com o Instituto Velho Amigo e a ONG Eternamente SOU, para as quais doará uma conta vitalícia para cada cinco planos ativos na plataforma.

www.misyu.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.